Marco Aurélio

“Aquilo que morre não abandona o mundo. Fica aqui, e aqui também se altera e se transforma, decompondo-se nas suas várias partículas; isto é, nos elementos que vão formar o universo e tu próprio. Da mesma maneira, eles próprios sofrem alterações, e, contudo, deles não nos chega qualquer queixa.”

Meditações, Livro 8, Parágrafo 18

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *