Leonardo da Vinci

Do mesmo modo que o metal enferruja com a ociosidade e a água parada perde sua pureza, assim a inércia esgota a energia da mente.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *